O que é análise de dados? Saiba tudo sobre o tema!

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Você sabe o que é análise de dados? Em termos bem gerais, a prática consiste no processo de transformação de dados em informações úteis aos mais diversos propósitos de negócios. 

Um dos objetivos mais comuns para a realização dessa tarefa é a melhora da performance das empresas no mercado em tempos de transformação digital.

Os dados são o novo petróleo. Você já deve ter ouvido essa frase, mas o que ela quer dizer? Simples! Na era dos dados, realizar análises é a estratégia mais poderosa dentro de uma companhia, capaz de revolucionar a sua tomada de decisão.

Quer aprender o que é análise de dados de maneira mais aprofundada? Então leia este post até o final!

O que é análise de dados?

A análise de dados é um procedimento que visa transformar números e informações em insights para a tomada de decisão. Apesar de ser usada em diferentes áreas, é no universo corporativo que a técnica ganha destaque.

Com a transformação digital e a internet, as empresas passaram a trabalhar com um grande volume de dados, como contratos, informações financeiras dos clientes, perfil de compra dos consumidores, estratégias de mercado e indicadores de desempenho.

O processo, então, surge como o responsável por transformar um banco de dados em oportunidades reais. Ou seja, fazer com que relatórios e números possam ser usados a favor do desenvolvimento empresarial.

Quais são os tipos de análise de dados?

Coletar as informações é apenas a primeira etapa do processo, sendo necessário usar boas táticas para aproveitar todo o potencial que elas têm.

Nesse sentido, é interessante que você conheça um pouco mais sobre os tipos de análise de dados. Confira!

Análise preditiva

A análise preditiva utiliza fatos do passado para visualizar e prever eventos futuros. Exatamente por isso, é uma das técnicas mais demandadas no dia a dia das empresas, ajudando-as a se protegerem dos riscos e a aproveitarem melhor as oportunidades.

Para colocá-la em prática, é necessário coletar dados das mais diversas fontes para cruzamento de informações que vão enriquecer a análise e trazer insights preditivos e inteligentes. 

analise preditiva o que é analise de dados

Análise prescritiva

A análise prescritiva pode ser confundida com a preditiva, mas, apesar das semelhanças, seu objetivo é diferente: ela não foca em prever o futuro, e sim em determinar as consequências das decisões tomadas.

Sua ideia central, portanto, é identificar as melhores estratégias, de acordo com os padrões existentes. Desse modo, por meio de decisões mais assertivas, ela contribui para a melhoria do desempenho empresarial.

Análise descritiva

A análise descritiva faz uma mineração dos dados em tempo real, visando encontrar respostas rápidas e seguras para as diversas questões existentes no dia a dia de uma empresa.

Perceba que o estudo é feito para embasar decisões no presente, e não no futuro. 

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica tem como objetivo fazer uma verificação mais ampla e geral sobre determinada situação. Assim, enquanto a descritiva cuida da análise de crédito, ela foca em traçar um perfil de comportamento do consumidor e melhorar suas ações de marketing e vendas, por exemplo.

Em outras palavras, esse procedimento usa os dados para ajudar no planejamento empresarial, já que os diagnósticos feitos mostram padrões e informações gerais.

Como funciona a análise de dados?

Conforme ficou demonstrado, entender o que é análise de dados e utilizá-la são processos de extrema importância para as empresas. Afinal, essa prática é a responsável pelo aproveitamento de todo o potencial das informações que um negócio tem, transformando-as em chances reais de crescimento.

Ainda assim, muitos gestores têm dúvidas sobre o uso do Big Data para negócios. Veja, abaixo, as etapas que devem ser seguidas durante suas análises!

Análise exploratória

Logo no início, é preciso fazer uma análise exploratória. A intenção desse procedimento é manusear possíveis dados incompletos e verificar os pontos fora da curva, para que, posteriormente, eles sejam inseridos no sistema.

Modelagem de dados

Na fase de modelagem de dados, o gestor escolhe e cria as regras para os diferentes tipos de análise a se realizar. Além disso, estuda o uso de algum recurso de automação — que facilitará a coleta e a interpretação das informações.

Construção de relatórios

Por fim, após a modelagem de dados, é feita a construção de relatórios que servirão de embasamento para as decisões futuras. Ter um documento claro e preciso agiliza bastante o processo e favorece a tomada de decisão estratégica.

Qual é a finalidade da análise de dados automatizada?

Afinal, para que serve a análise de dados? Como você viu, um negócio, por menor que seja, gera muitas informações, e elas precisam ser analisadas por ferramentas específicas em uma prática automatizada chamada Big Data Analytics.

Explorar todas as informações é uma atividade complexa e que, obviamente, não pode ser feita de maneira manual — a menos que você esteja disposto a perder muito tempo do seu dia com essa tarefa. É aí que entra a automação da análise de dados!

Essa técnica permite que empresários e gestores tenham acesso aos dados e consigam extrair informações relevantes. Sua função, portanto, é identificar riscos e oportunidades de negócio e facilitar as tomadas de decisão.

Tudo isso de forma mais rápida e eficiente, sem a necessidade de desgastantes trabalhos manuais.

ebook sales inteligence b2b para que serve data mining

Quais os benefícios da análise e interpretação de dados?

É papel da gestão tomar decisões e conduzir a equipe no caminho correto. Entretanto, como você bem sabe, essas tarefas são complexas e exigem muita estratégia e planejamento.

Nesse contexto, a análise de dados exerce um papel essencial, pois ajuda a definir quais direções seguir, isto é, as escolhas que trarão mais benefícios para a empresa. Mas isso não é tudo. Veja mais alguns pontos que provam a sua relevância!

Visibilidade sobre o mercado

Para conquistar bons resultados, é preciso conhecer bem o mercado em que se atua ou deseja atuar. Saber mais sobre a concorrência, fornecedores, colaboradores e clientes é algo que não pode ficar em segundo plano.

É exatamente por isso que a análise de dados é essencial. Após uma pesquisa de mercado, o gestor tem acesso a informações e consegue trabalhá-las para executar um planejamento estratégico mais eficiente.

Compreensão das necessidades do cliente

O consumidor é a razão de existir de qualquer empresa, sendo imprescindível mantê-lo satisfeito. A melhor maneira de fazer isso é usando dados confiáveis e atualizados.

Durante a jornada do cliente, ele deixa muitas pistas sobre aquilo de que gosta e precisa. A análise de dados reúne essas informações e as transforma em oportunidades. Ou seja, você conhecerá melhor seus compradores e poderá fazer um atendimento personalizado.

Formação de um diferencial de mercado

Encontrar um diferencial de mercado é fundamental para a sobrevivência das empresas. No entanto, nem sempre isso é fácil de alcançar. Acontece que a análise de dados favorece a inteligência de mercado, tornando o negócio muito mais competitivo.

Ao reunir dados sobre o mercado e o cliente, é muito mais fácil agir de maneira estratégica, não é mesmo? Na prática, você poderá identificar gargalos e oportunidades e se tornar uma referência em sua área de atuação.

Tomada de decisão mais precisa

O maior benefício da análise de dados é, sem dúvidas, a tomada de decisão estratégica mais precisa. Afinal, com boas informações em mãos, é possível avaliar a situação de forma mais aprofundada, prevendo as consequências e escolhendo a direção mais favorável.

Redução de custos

Não há como negar: a análise de dados ajuda a reduzir custos, o que acontece principalmente graças à qualificação da tomada de decisão.

Em síntese, quanto mais planejada e analítica é a ação empresarial, menor será o desperdício de recursos. Ou seja, a organização consegue investir naquilo que realmente importa, reduzindo erros e despesas desnecessárias.

Melhor aproveitamento do capital humano

Quando o gestor toma as decisões corretas, consegue aproveitar melhor seu capital humano, usando todo o seu potencial a favor do desenvolvimento empresarial. Na prática, isso significa mais produtividade, engajamento e motivação.

Como fazer uma análise de dados eficiente?

Depois de tudo o que falamos, é hora de ajudar você a fazer uma análise de dados eficiente em seu negócio. Para isso, selecionamos dicas e boas práticas que fazem a diferença e contribuem para resultados muito mais satisfatórios.

Quer aprender? Então, continue a leitura!

Defina o seu objetivo

Toda análise de dados é feita por um motivo. Assim, sua primeira providência é definir qual pergunta irá responder — ela deve ser clara, mensurável e relevante para a empresa.

Fazendo isso, você evita o desperdício de tempo e dinheiro e amplia a eficiência de suas decisões. Uma boa maneira de definir os objetivos é conversar com os colaboradores e observar os problemas e desafios enfrentados por sua equipe.

Escolha as métricas que serão usadas

Trabalhar com métricas é a maneira mais eficaz de determinar os eventos que contribuem positivamente e negativamente para o crescimento da empresa.

Como o processo de análise de dados pode assumir diversas abordagens e revelar inúmeras informações, a definição de bons indicadores melhora a qualidade de suas análises.

Selecione a ferramenta ideal

Já falamos sobre a dificuldade de se realizar uma análise de dados manualmente. Na verdade, o ideal é que o processo seja feito com apoio de boas ferramentas, reduzindo os esforços para coletar e interpretar os dados.

Sendo assim, pesquise e invista em soluções escaláveis e eficientes. Quanto maior a capacidade da ferramenta, menos problemas você enfrentará durante os estudos e melhores serão os resultados alcançados.

Escolha as fontes de dados

Nem toda informação é capaz de gerar oportunidades para sua empresa. Sendo assim, você precisa definir de onde virão os dados que serão usados durante o processo com segurança.

Lembre-se de que existem fontes externas, como bancos de dados públicos e APIs de redes sociais, e internas, como o histórico de vendas e os cadastros dos clientes.

Aposte na integração das equipes

Por fim, aposte na integração das equipes. Uma boa análise de dados depende de colaboração entre os envolvidos; caso contrário, você pode perder tempo com retrabalhos.

Isso significa que a integração é um elemento indispensável para o sucesso de suas estratégias. A comunicação efetiva e unificada garante que todos trabalhem em prol do mesmo objetivo, aumentando consideravelmente as chances de êxito.

O conceito de vendarketing surgiu justamente da importância de conectar a equipe de vendas a de marketing com o mesmo alinhamento estratégico. Essa associação é frutífera para uma troca de informações que beneficia os dois setores.

Aprendei o qué análise de dados. Como implementá-la na minha empresa?

 Entender o que é análise de dados e trabalhar com ela é uma decisão inteligente. No entanto, isso pode ser complexo e demandar muita habilidade. É aí que a ajuda de uma empresa especializada pode fazer a diferença.

Quanto maior o volume de informações a se coletar, organizar, armazenar e analisar, mais dificuldades você pode ter. No entanto, contar com o apoio de profissionais capacitados reduz o trabalho e garante bons resultados.

Em resumo, a terceirização desses processos pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos de uma forma muito mais eficaz. O parceiro fornece a tecnologia necessária e trabalha na captação e no enriquecimento dos dados, e você se dedica a tomar decisões — que serão mais rápidas, seguras e eficazes.

Conforme visto, a análise de dados tem muito a contribuir com o cotidiano empresarial. Na era da informação, nenhuma organização pode ignorar o potencial por trás dos dados, devendo aprender a trabalhar e interpretá-los a favor de seus objetivos. Por isso, aproveite tudo o que aprendeu e comece a tomar decisões mais estratégicas. Acredite, sua empresa nunca mais será a mesma!

A Cortex pode te ajudar a coletar, enriquecer e analisar os dados para entender melhor sobre o seu mercado e tomar decisões assertivas. 

Se quiser saber mais sobre como a Cortex pode ajudar seu negócio, converse com um de nossos especialistas.

Gostou do conteúdo? Entendeu o que é análise de dados e sua importância para o mundo empresarial nos dias de hoje? Para mais artigos que nem esse, continue acompanhando nosso blog! Até a próxima!


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog