Como o Big data para negócios mudou o cenário empresarial?

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Você ouviu falar sobre a importância do Big Data para os negócios? Essa pauta agora é uma tendência porque vivemos em um mundo onde os dados são gerados em grande volume. Para se ter uma ideia, só em 2021, a estimativa é de que sejam criados 2.5 quintilhões de bytes todos os dias. É muita coisa!

Tecnologias de dados tornaram-se fundamentais para as estratégias empresariais em razão de sua capacidade de armazenar e processar esse grande volume e variedade. Assim, é possível gerar insights valiosos para orientar as tomadas de decisões e o planejamento estratégico.

Desse modo, investir em Big Data surge como uma solução inteligente para as corporações que querem garantir sua competitividade empresarial na era dos dados.

Neste post, falaremos um pouco sobre a importância do Big Data para negócios, além de suas principais funcionalidades e características.

Vem com a gente!

Qual a importância do Big Data para os negócios?

São inúmeras as vantagens que o Big Data pode ocasionar nas companhias, dentre elas: 

  • a oportunidade de conhecer e fidelizar seus clientes;
  • redução de custos operacionais;
  • aperfeiçoamento de produtos.

Dessa forma, por meio dos dados é possível fazer também uma análise profunda dos padrões de  comportamentos de consumidores e até mesmo da concorrência, ampliando o conhecimento acerca do próprio negócio e do mercado. 

Com a interpretação correta também é possível aumentar consideravelmente o número de insights e ideias inovadoras, bem como melhorar a qualidade das decisões estratégicas e táticas.

o que é big data e para que serve ebook big data para negócios

A melhor forma de assinalar a importância do Big Data para negócios e ilustrar com exemplos sua influência no mundo empresarial, é esclarecendo quais são os 5 V’s que representam a funcionalidade da tecnologia.

Vamos falar um pouco sobre cada uma dessas cinco categorias:

1. Volume (quantidade de dados)

Para se ter uma ideia, é previsto que 175 zetabytes (cerca de 18,7 trilhões de gigabytes) de dados estejam disponíveis digitalmente até 2025, segundo dados da Nodegraph. Esse é o motivo pelo qual o termo “volume” está entre os 5 V’s.

Dessa forma, para poder filtrar e selecionar os dados mais relevantes em meio a essa quantidade exorbitante de informações, o trabalho manual humano não é suficiente, concorda? Seria um desperdício de tempo e ineficácia de trabalho tremenda!

É a partir daí que a tecnologia mostra sua importância: o Big Data é fundamental para o armazenamento eficiente e eficaz de uma grande quantidade de dados relevantes para sua empresa.

Portanto, com a filtragem de um maior número de informações, melhores serão os insights recebidos.

2. Variedade (originados de diversas fontes)

Antigamente, todos os dados eram estruturados e organizados em linhas e colunas para facilitar a organização das informações.

Já hoje em dia, nem todos os dados que empresas geram são estruturados, como é o caso de telefonemas, e-mails, cookies, interações em rede social, etc. Essa heterogeneidade daria um trabalho descomunal para se fazer manualmente.

Dessa forma, o Big Data surge como uma tecnologia capaz de compilar dados de forma coerente e clara, facilitando o acesso dos membros da organização a informações provenientes de fontes mais complexas.

3. Velocidade (os dados podem ser contabilizados em tempo real)

A velocidade fala por si só e pode e os dois exemplos acima explicam bem. Afinal, mais de uma vez falamos sobre como o Big Data consegue armazenar e filtrar informações de forma bem mais eficiente e eficaz do que o trabalho humano.

Isso leva para uma maior velocidade no processo de análise de dados se comparado a anos antes do advento da tecnologia.

4. Veracidade (a precisão desses dados)

Imagine o grande volume de dados gerados todos os dias e a velocidade com que eles surgem. Dessa forma, sempre há o risco de haver armazenamento de informações incorretas ou incoerentes com as necessidades da empresa.

Entretanto, o Big Data surge com a capacidade de filtrar os dados corretos e relevantes para que minimize a quantidade de informações falsas que venham a surgir da análise. 

Portanto, em um exemplo prático, a inteligência de dados pode ajudar a detectar fake news em mídias sociais ou portais jornalísticos, ajudando na divulgação de notícias verdadeiras para o público.

p5. Valor (a transformação dessa grande quantidade de dados em insights para os negócios)

Por fim, o último V representa o termo “valor”. Por meio do Big Data para negócios é possível gerar insights valiosos a partir da análise de dados para orientar as ações, processos de tomada de decisão e o planejamento estratégico da companhia.

Dessa forma, além da captação, a plataforma oferece análises que permitem que empresas de todo o mundo utilizem a inteligência de dados para prever riscos, identificar oportunidades e guiar seus times de marketing e vendas para tomar decisões mais precisas.

Portanto, esse é um exemplo prático de como o Big Data para negócios é capaz de gerar valor para o seu negócio.

Como implementar técnicas de Big Data no seu negócio?

Essa infinidade de dados disponíveis na rede, como vimos, é muito valiosa para as empresas. Contudo, como acessá-las e selecionar somente aquelas que são realmente relevantes? Para isso, é preciso fazer uso de ferramentas especiais para interpretá-las.

Portanto, quem ainda não conhece os benefícios do uso de Big Data no planejamento, deve levar em consideração que antes de começar a implantar o sistema e fazer mudanças significativas, é recomendável que os profissionais responsáveis pela estratégia tenham também conhecimento em curadoria e automação.

A Cortex pode te ajudar a coletar, enriquecer e analisar os dados para entender melhor sobre o seu mercado e tomar decisões assertivas. 

Fale com um de nossos especialistas e conheça mais sobre as soluções que podem ajudar o seu negócio a crescer.


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog