Como identificar tendências de pautas de interesse da opinião pública

Como identificar tendências de pautas de interesse da opinião pública

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Monitorar a opinião pública é um exercício constante dos times de Relações Públicas e Comunicação. Isso porque, cada vez mais, os debates coletivos impactam negócios nos mais variados segmentos do mercado.

Dentro disso, a identificação das tendências de pautas que são de interesse coletivo é bastante recomendável. Tanto para prevenir potenciais crises de imagem quanto para a detecção de oportunidades de diálogo com os stakeholders.

Neste artigo, além de entender por que isso é importante, você vai ter dicas para analisar as pautas e usá-las a favor da sua marca. Acompanhe!  

Por que analisar as tendências de pautas de interesse da opinião pública?

Atualmente, a internet cria e alimenta bolhas de informação nas quais as pessoas se reúnem para dialogar e debater temas que consideram importantes. Isso, para o bem ou para o mal, representa um fenômeno com o qual toda empresa empenhada em manter sua reputação deve se preocupar.

Basicamente, é preciso sentir o “clima opinativo”, monitorar os diálogos e, continuamente, balizá-los com o posicionamento da marca. Em outras palavras, não é recomendável  ficar indiferente ao que a opinião pública está debatendo — as empresas, muitas vezes, precisam se posicionar para evitar cancelamentos, boicotes ou até mesmo cair na irrelevância.

Essa realidade se dá por diversos motivos: da cultura da opinião publicamente manifestada ao interesse dos consumidores em dialogar com seus fornecedores, passando pela contínua vigilância de grupos ativistas, influenciadores e líderes de opinião.

Em suma, a análise de pautas de interesse da opinião pública é uma estratégia fundamental. É a partir dela que Marketing, Comunicação e Relações Públicas entendem como os diversos públicos se comportam e o que eles esperam da marca. 

Como fazer análise de tendências de pauta de interesse da opinião pública?

Com a opinião pública amplificada exponencialmente pelas redes sociais, identificar e analisar tendências de pauta não é tarefa simples. Em muitos negócios, é extremamente desafiador acompanhar tudo o que se fala sobre o segmento de mercado e até mesmo as menções diretas à marca.

Pensando nisso, listamos a seguir algumas dicas que podem ajudar:

  • conheça os stakeholders da sua marca: saiba exatamente com quais públicos seu negócio deve se relacionar continuamente, quais são seus anseios e necessidades comunicacionais e como eles se comportam em termos opinativos.
  • selecione os temas mais delicados, que podem se voltar contra a empresa: tenha bem mapeados quais são as temáticas nas quais a marca pode se envolver em polêmicas. Dessa forma, vai ficar mais prático acompanhá-las de perto e agir em tempo hábil quando algum formador de opinião mencionar a marca em uma discussão relacionada. 
  • tenha um bom planejamento de gestão de reputação e crises: trabalhe planos de ação previamente definidos, evitando que o negócio seja pego de surpresa quando algum problema real ou inventado ganhar a opinião pública. 

  • monitore as bolhas de informação com mais potencial de ameaça à marca: saiba quais são os grupos e comunidades online onde os temas relacionados ao seu negócio são debatidos. 
  • conheça os influenciadores e líderes de opinião do seu segmento de atuação: entenda quem são as pessoas que iniciam diálogos sobre os temas delicados para a imagem da empresa; ou mesmo aqueles que tratam do universo de negócios de maneira positiva, uma vez que eles podem ser excelentes propagadores das mensagens da marca
  • use a tecnologia para monitorar as mídias: conte com uma plataforma para automatizar a detecção de menções à marca e às temáticas nas quais ela está envolvida ou pode vir a se envolver, entregando uma análise qualitativa de cada uma delas. Certifique-se de que essa solução tecnológica proporcione verificar como a concorrência está se posicionando diante das pautas de interesse da opinião pública. 

Por que e como elevar a inteligência de dados no mapeamento de tendências de mídia?

No contínuo exercício de identificação de pautas de interesse da opinião pública, os departamentos de Comunicação, Marketing e Relações Públicas precisam fazer uso estratégico da tecnologia. Do contrário, podem perder oportunidades de colocar a empresa como fonte, não perceber temáticas que poderiam se transformar em conteúdos de marca, entre outros problemas.

Mas não basta apenas adotar ferramentas, é preciso também elevar a capacidade analítica dos profissionais dessas áreas. Ou seja, proporcionar condições técnicas para a captação e o processamento de volumes exponenciais de dados internos e externos e, ao mesmo tempo, garantir a obtenção de insights acionáveis.

A isso chamamos inteligência de dados: as equipes têm recursos tecnológicos, mas também habilidades para usar as informações captadas em decisões estratégicas. 

Inteligência de dados e tendências de mídia: como aliá-las?

Agora, o que fazer para tornar o mapeamento de tendências de mídia e opinião pública orientado pela inteligência de dados? Confira essas dicas:

  • faça do monitoramento da opinião pública uma estratégia, alinhada aos objetivos estratégicos do negócio, com metas a serem alcançadas e indicadores para mensurar resultados;
  • incremente a automatização das atividades, implementando sistemas e aplicativos que garantam o intercâmbio de informações de maneira coordenada para facilitar o cotidiano dos profissionais;
  • ofereça capacitação em análise de dados ao time por meio de cursos e palestras;
  • aproxime Comunicação e Relações Públicas do departamento de TI; dessa forma, eles conseguirão obter colaboração técnica sempre que precisarem.

Pautas de interesse da opinião pública: é preciso monitorá-las e usá-las a favor da marca 

Nenhuma empresa pode ficar alheia à movimentação da opinião pública, principalmente nos ambientes online onde as pautas fervilham a todo momento. Isso tanto por uma questão de prevenção de riscos à imagem da marca quanto para detectar oportunidades de ampliação de diálogo com públicos de interesse.

Contudo, identificar e analisar as principais agendas da sociedade são tarefas bastante desafiadoras. Sobretudo para os times de Comunicação e Relações Públicas que ainda não estão totalmente alinhados à inteligência de dados.

Para que essas atividades sejam realizadas de maneira estratégica, os profissionais envolvidos devem contar com ferramentas e capacidades analíticas. Dessa forma, conseguem planejar e executar ações bem estruturadas, que contribuam para os resultados de suas áreas e também do negócio como um todo.

Em suma, a opinião pública pode deixar de ser uma fonte de preocupação e passar a revelar inúmeras oportunidades para as organizações. Basta que suas tendências sejam devidamente mapeadas e aproveitadas a favor da marca. 


Sobre a Cortex 

A Cortex é a empresa número 1 em soluções de inteligência para crescimento. Caso queira saber como analisar sua reputação e dos concorrentes em todas as mídias online e offline com monitoramento integrado em tempo real, conheça nossa solução de Comunicação Estratégica e Reputação.

Ou, se preferir, não perca tempo: agende uma conversa com a equipe de especialistas Cortex e traga sua estratégia de comunicação para a era dos dados.


Artigos Relacionados