Análise de mercado: saiba o que é e como otimizar esse processo

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

A análise de mercado é uma excelente ferramenta para que gestores consigam embasar melhor suas decisões e ajuda a promover a chamada inteligência de negócios. Porém, apesar da relevância, algumas organizações ainda não investiram na implantação ou realizam essa atividade de maneira ineficiente.

Pensando nisso, resolvemos elaborar este artigo e explicar melhor do que se trata, por que ela é tão benéfica e quais ações colocar em prática para otimizá-la. Você se interessa pelo assunto? Então, continue conosco e saiba mais sobre ele agora mesmo!

O que é e para que serve a análise de mercado

A análise de mercado — também chamada de análise mercadológica — consiste em um processo de levantamento de informações ligadas ao mercado em que a empresa atua. Nela, são identificados todos os aspectos externos que podem contribuir para o sucesso ou o fracasso do negócio.

Sendo assim, ela engloba questões como:

  • o segmento de atuação;
  • o posicionamento da empresa;
  • os produtos ou serviços;
  • o público-alvo;
  • os concorrentes;
  • os fornecedores.

Ela tem muita importância e influência sobre o desenvolvimento da empresa, visto que ajuda a encontrar os melhores caminhos, oportunidades de crescimento, possíveis ameaças e necessidade de melhorias, por exemplo.

Com base nisso, o gestor pode tomar decisões mais estratégicas e acertadas e direcionar melhor os esforços, dedicando os recursos para as atividades que realmente podem ajudar o negócio a se destacar e conseguir resultados melhores.

Os benefícios que ela proporciona para as empresas

O principal benefício da análise de mercado está em conhecer melhor o contexto no qual a empresa está inserida e poder controlar melhor as decisões, baseando-se nas mudanças que podem acontecer ao longo do tempo. Entre elas, estão a entrada de novos concorrentes, mudanças na legislação, surgimento de novos fornecedores e oportunidade de expansão, por exemplo.

Além disso, ela também ajuda a identificar como o seu público se relaciona com a sua marca, reconhecendo falhas, necessidades de melhorias e oportunidade de desenvolver melhor os produtos e serviços, para que se aumente o nível de satisfação — e eles se tornem clientes fiéis.

Com todas as informações obtidas, tanto o gestor quanto os colaboradores passam a ter mais direcionamento para executar as ações que vão levar aos objetivos esperados. Também é possível identificar quais recursos estão dando os melhores retornos e merecem receber mais investimentos, como as ações de marketing.

A ideia é que esse levantamento permita encontrar oportunidades de gerar vantagem competitiva e sair na frente da concorrência, mesmo que, para isso, seja necessário rever estratégias e redirecionar os planos de ação.

Como ela pode ser otimizada

A elaboração de uma boa análise de mercado precisa considerar os fatores que influenciam o negócio, como citamos. Portanto, para que ela seja eficaz, todos os levantamentos e as pesquisas devem girar em torno desses aspectos. Veja os passos que podem — e devem — ser colocados em prática.

Avaliar os consumidores — e o público-alvo

Os clientes e o público da sua empresa sempre devem estar em foco, principalmente pelo fato de serem eles que promovem o faturamento. Ao analisá-los — comportamento, preferências e hábitos de compra, por exemplo —, fica mais fácil identificar quais são suas necessidades e expectativas e entender o que precisa ser feito para satisfazê-los.

Com isso, fica mais fácil fazer a segmentação de público e adotar um posicionamento mais direcionado — além de promover a fidelização e identificar quais são as novas demandas do mercado, o que impulsiona o seu negócio e o ajuda a se destacar dos concorrentes.

Estudar os concorrentes

Saber o que os outros competidores estão fazendo também é um ponto fundamental na análise mercadológica e para o sucesso do seu negócio. Esse tipo de estudo visa entender o que as outras empresas estão fazendo de bom e o que a sua organização precisa realizar para se tornar mais atraente — do ponto de vista do público.

Isso abre as portas para a realização de um benchmarking e a adoção das melhores práticas, voltando os esforços para a adoção de métodos e processos que trazem bons resultados e agradam mais o público.

Além disso, essa análise também permite identificar quais nichos a concorrência não consegue atender efetivamente e como você pode explorá-los para aumentar as vendas e a sua fatia de mercado e atrair ainda mais clientes, o que resulta no aumento das receitas.

Outro ponto de muita relevância é a oportunidade de reconhecimento de novos concorrentes entrando no mercado e a possível ameaça de produtos ou serviços que podem ser mais competitivos, tanto em preço quanto em qualidade.

Considerar os fornecedores

Os seus fornecedores e parceiros de negócio em potencial também não podem ficar de fora da análise de mercado, mesmo que a sua empresa dependa apenas de uma empresa para fornecer produtos, matérias-primas ou serviços.

Aqui, a análise está voltada para diversas questões como:

  • patamar de preços praticados;
  • padrão de qualidade;
  • prazos de entrega e pagamento.

A partir daí, pode-se fazer uma comparação com as opções disponíveis no mercado e avaliar se a opção atual é a mais vantajosa. Assim, sabe-se quando é o momento de ir atrás de outros parceiros que conseguem oferecer preços mais competitivos ou agregar valor aos produtos e serviços.

Criar projeções para o mercado

Por fim — mas não menos importante —, é necessário analisar o mercado do ponto de vista econômico e criar projeções realistas. Nesse caso, você pode avaliar diversas questões como:

  • o possível percentual de crescimento com base em determinadas condições;
  • a necessidade de investimentos para injetar capital nas atividades;
  • um plano de ação para os momentos de crise — circunstâncias em que é necessário adotar ações diferenciadas para ultrapassar as barreiras;
  • a necessidade de readequar os preços;
  • a elaboração de estratégias diferenciadas para criar vantagem competitiva e se destacar.

Implementar e otimizar a análise de mercado pode levar sua empresa a resultados cada vez mais satisfatórios, visto que a estratégia permite acompanhar os diversos aspectos que podem afetar os negócios. Assim, é possível se antecipar a alguns acontecimentos e entender quais ações precisam ser adotadas para contornar problemas e aproveitar as oportunidades.

Gostou deste artigo? Aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais e acompanhar as novidades e outros conteúdos sobre negócios. Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn!

[rock-convert-cta id=”2458″]


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog