ISE B3: entenda a importância do índice para a reputação da marca

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

O ISE B3 é um indicador da Bolsa de Valores de São Paulo que serve para dimensionar o comprometimento das organizações com a sustentabilidade. Ele foi criado em 2005, quando a B3 ainda se chamava Bovespa, e serve como balizador para os investidores que veem nas boas práticas envolvidas um meio de escolher quais papéis vão negociar. 

Há, portanto, uma relação íntima entre o ISE B3 e o ESG,  o termo inglês que une por anacronia as palavras Environmental, Social and Governance sintetizando as avaliações do comportamento das empresas em relação ao meio-ambiente, à sociedade e à governança.

Para as companhias de capital aberto, mas também para aquelas que caminham nessa geração, conhecer o ISE B3 é muito importante. Isso porque este índice tem muito a ver com a reputação das marcas quando se trata dos grandes temas que movem a sociedade e, consequentemente, o mercado.

É sobre isso que vamos te ajudar a refletir ao longo deste artigo. Continue lendo para entender o ISE B3 e seus impactos no valor reputacional das companhias. Além disso, você também vai ver como ele é calculado, entre outros detalhes!

O que é o ISE B3 

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) “é o resultado de uma carteira teórica de ativos, elaborada de acordo com os critérios estabelecidos nesta metodologia”, nas palavras da própria Bolsa de Valores de São Paulo, a B3

Seu objetivo, complementa a instituição, “é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de empresas selecionadas pelo seu reconhecido comprometimento com a sustentabilidade empresarial”. 

Ele apoia os investidores na tomada de decisão e faz com que as companhias adotem as melhores práticas de sustentabilidade, já que o compromisso com o ESG contribui para a sobrevivência dos negócios.

Na prática, estamos falando de um indicador usado para sinalizar ao mercado as ações de companhias que atendem aos requisitos ESG no Brasil. Portanto, influencia diretamente na maneira como essas marcas são vistas não só pelos investidores mas pela opinião pública em geral. 

O ISE B3 indica as empresas com excelente reputação porque suas ações sustentáveis — de governança, social e ambiental — transparecem e as destacam entre todas as outras listadas na Bolsa. 

→ A última carteira do ISE B3 foi anunciada pela B3 em dezembro de 2021, e ficará em vigor até o final de 2022 com revisões quadrimestrais. Na consulta realizada em maio de 2022, vemos 48 ações de 48 companhias de 27 setores da economia — conforme quadro a seguir.    

Carteira ISE B3 do dia 13 de maio de 2022*

Código**

Ação

Tipo***

Qtde. Teórica

Participação (%)

AESB3

AES BRASIL

ON NM

636.876.887

1,096

AMBP3

AMBIPAR

ON ED NM

106.489.818

0,483

AMER3

AMERICANAS

ON NM

696.863.635

2,52

ARZZ3

AREZZO CO

ON NM

146.277.191

1,875

AZUL4

AZUL

PN N2

643.112.350

1,917

BBDC4

BRADESCO

PN N1

1.004.782.140

3,044

BBAS3

BRASIL

ON NM

503.390.096

2,824

BRKM5

BRASKEM

PNA N1

446.972.428

2,872

BRFS3

BRF SA

ON NM

1.247.767.647

2,504

BPAC11

BTGP BANCO

UNT N2

757.136.824

2,858

CCRO3

CCR SA

ON NM

1.353.260.734

2,653

CMIG4

CEMIG

PN N1

1.483.781.232

2,476

CIEL3

CIELO

ON EJ NM

2.778.995.041

1,41

CPLE6

COPEL

PNB N2

2.409.497.755

2,656

CSAN3

COSAN

ON ED NM

826.190.871

2,445

CPFE3

CPFL ENERGIA

ON NM

455.892.470

2,467

DXCO3

DEXCO

ON NM

718.098.271

1,372

ECOR3

ECORODOVIAS

ON NM

823.744.547

0,753

ELET3

ELETROBRAS

ON N1

386.809.108

2,478

ENBR3

ENERGIAS BR

ON NM

560.783.446

1,95

EGIE3

ENGIE BRASIL

ON ED NM

436.806.352

2,912

FLRY3

FLEURY

ON NM

736.699.380

1,677

NTCO3

GRUPO NATURA

ON NM

1.003.036.283

2,725

MYPK3

IOCHP-MAXION

ON NM

334.058.481

0,761

ITSA4

ITAUSA

PN N1

1.919.676.928

2,775

ITUB4

ITAUUNIBANCO

PN N1

779.309.702

3,045

KLBN11

KLABIN S/A

UNT ED N2

902.716.547

3,01

LIGT3

LIGHT S/A

ON NM

904.661.723

1,146

LREN3

LOJAS RENNER

ON NM

829.269.856

3,344

MDIA3

M.DIASBRANCO

ON NM

201.958.224

0,782

MGLU3

MAGAZ LUIZA

ON NM

2.879.964.627

1,92

MRFG3

MARFRIG

ON NM

845.645.910

2,03

BEEF3

MINERVA

ON NM

632.357.907

1,237

MOVI3

MOVIDA

ON ED NM

323.452.079

0,825

MRVE3

MRV

ON NM

715.493.411

1,108

NEOE3

NEOENERGIA

ON NM

549.039.290

1,533

PCAR3

P.ACUCAR-CBD

ON NM

381.131.019

1,29

RADL3

RAIADROGASIL

ON NM

725.944.781

2,177

RAIL3

RUMO S.A.

ON NM

962.795.725

2,345

SANB11

SANTANDER BR

UNT

527.408.088

2,755

SIMH3

SIMPAR

ON ED NM

548.979.537

0,896

SULA11

SUL AMERICA

UNT N2

557.410.289

2,163

SUZB3

SUZANO S.A.

ON ED NM

372.073.170

2,894

VIVT3

TELEF BRASIL

ON

376.775.333

3,002

TIMS3

TIM

ON NM

1.337.415.848

2,823

VIIA3

VIA

ON ATZ NM

3.876.488.975

1,676

VBBR3

VIBRA

ON NM

806.833.415

2,498

WEGE3

WEG

ON NM

474.242.249

1,998

Quantidade Teórica Total

42.928.367.620

100

 

→ Neste vídeo produzido pela B3, confira uma explicação rápida sobre os índices da instituição e como eles são compostos: 

Como são definidas as companhias que entram no ISE B3

Também é correto dizer que o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) tangibiliza valores reputacionais que poderiam ficar no campo da subjetividade. Afinal, como definir quais são os ativos de empresas comprometidas com as boas práticas sociais, ambientais e de governança sem critérios claros?

Dito isso, o próximo questionamento geralmente é: o que compõe a "equação" que permite à B3 qualificar as empresas dignas dessa distinção no competitivo e dinâmico mercado de ações? 

Para início de tudo, as empresas precisam ser elegíveis segundo estes critérios de inclusão: 

  • estar entre os ativos elegíveis ao menos nas três carteiras anteriores;
  • estar entre as companhias com mais de 200 ações negociadas na Bolsa;
  • ter presença de pregão de 50% durante este período;
  • não haver recebido a classificação  “Penny Stock”;
  • atender aos requisitos ESG e fazer parte da escolha do Conselho Deliberativo do ISE.

Passada essa etapa, a B3 começa a seleção. Faz isso aplicando um questionário que considera o desempenho das companhias em sete dimensões; avaliando elementos ambientais e de mudanças climáticas, sociais e econômico-financeiros de forma integrada, entre outros.

Na prática, essas dimensões seguem um mesmo padrão, sendo divididas em quatro critérios, que precisam ser comprovados via documentos após o preenchimento do questionário. São eles: 

  1. Política (indicadores de comprometimento); 
  2. Gestão (indicadores de programas, metas e monitoramento); 
  3. Desempenho; 
  4. Cumprimento legal (reporte, no caso da dimensão climática). 

Com os questionários e a documentação em mãos, o Conselho Deliberativo tem insumos qualitativos e quantitativos para decidir quais empresas entram, permanecem ou saem do ISE B3. E isso é feito a cada quatro meses.

Qual é o impacto do ISE B3 na reputação corporativa

Ser uma empresa cujos ativos compõem a carteira ISE B3, como você já percebeu, representa obter um importante incremento reputacional.

Logicamente, o ganho de imagem se traduz em mais captação de investimentos. Tanto que a partir de 2018, os fundos sustentáveis assumiram protagonismo em todo o globo: movimentaram incríveis 30 trilhões de dólares em ativos, segundo a Global Sustainable Investment Alliance.

Também é interessante olharmos para o fato de que mais de 50% dos consumidores disseram estar "dispostos a pagar mais por produtos e serviços fornecidos por empresas que estão comprometidas com o impacto socioambiental positivo” em uma pesquisa global da Nielsen.  

Além disso, o comprometimento ESG “permite que as empresas alcancem maior liberdade estratégica, aliviando a pressão regulatória”, afirma um estudo da McKinsey. E mais, nas palavras da consultoria, “ESG tem o poder de ajudar a atrair e reter funcionários qualificados e aumentar a motivação das equipes, incutindo um senso de propósito, o que aumenta a produtividade geral”.

Em suma, há uma ligação intrínseca entre ISE B3 e reputação organizacional, uma vez que não basta se comprometer e atuar sob os preceitos ESG; é preciso transparecer isso ao mercado e à opinião pública.

Resumindo

O Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE B3) é uma fonte de referência em opções de investimento socialmente responsáveis no Brasil. 

Ao mesmo tempo, é um indutor de boas práticas organizacionais, uma vez que distingue para os investidores e para a sociedade em geral quais empresas estão comprometidas com o ESG e em que grau elas estão em seus esforços.

Também é correto dizer que o ISE B3 é uma ferramenta do mercado financeiro que realiza a análise de performance das empresas listadas na Bolsa. Isso sob orientação dos conceitos ESG, o que mostra que não se trata de um indicador baseado apenas na eficiência econômica, mas também nos impactos das companhias no “mundo da vida”.


Sobre a Cortex


Artigos Relacionados