Análise de dados: como o Analytics pode gerar crescimento

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Tempo de leitura: 4 minutos

Você vai ler sobre:

  • O que é Analytics?
  • Como obter crescimento com a adoção de Analytics
  • O papel do Analytics nas empresas 

Até algum tempo atrás, acreditava-se que a aplicação do Analytics se restringia às grandes empresas. Mas, rapidamente, essa crença se mostrou equivocada.

Hoje, é consenso que a análise de dados deve, necessariamente, estar presente em qualquer organização que visa ser competitiva

Isso acontece, entre outras razões, porque os dados se tornaram a matéria-prima mais valiosa do mundo. O crescimento vertiginoso das empresas de tecnologia nos últimos anos deixa isso claro.

Em suma, só sobreviverão os negócios que souberem lidar com a complexidade de informações disponíveis hoje, aprendendo a tirar vantagem disso.

A seguir, vamos apresentar um breve resumo do que é o Analytics e como diferentes áreas de negócio podem obter crescimento a partir de sua adoção.

análise de dados

O que é Analytics?

O site Techopedia define Analytics como “o processo científico de descobrir e comunicar padrões significativos que podem ser encontrados em dados”. 

Uma abordagem semelhante para o termo consta no dicionário de Cambridge, que afirma: “O  processo em que o computador examina informação usando métodos matemáticos a fim de encontrar padrões úteis”. 

Na prática, o Analytics é a transformação de dados dados diversos em insights valiosos para negócios, auxiliando a tomada de decisão de executivos. 

Esse trabalho é feito através de matemática aplicada, estatística, modelagem preditiva e tecnologia. 

Algumas estatísticas mostram seu poder. Uma delas, da Forbes, afirma que quase 50% das empresas dizem que Analytics e Big Data mudaram fundamentalmente as práticas de negócios de vendas e marketing.

Análise de dados: como obter crescimento com a adoção de Analytics

Transformar dados em valor para o negócio tem sido fator determinante para a sobrevivência das empresas. 

A intensidade da transformação tecnológica que vivemos hoje é tanta que, até 2020, 80% das organizações pretendem iniciar uma formação para a competência em análise de dados, de acordo com o Gartner

Desse modo, a adoção de Analytics se tornou indispensável para as organizações. Vejamos alguns exemplos de como ele pode ser aplicado.

Análise de dados internos e externos 

Não há dúvidas que a análise de dados internos de uma empresa é crucial para os negócios. Contudo, para se obter resultados concretos, é preciso considerar também as informações provenientes do mercado. Ou seja, dos concorrentes e clientes. 

Hoje, é possível trabalhar com o cruzamento de uma grande quantidade de dados variados de forma ágil. A eficiência do Analytics, sem dúvida, passa pela análise dessas informações.

As organizações bem-sucedidas estão investido no Analytics justamente pelo seu poder de fornecer insights que endereçam ações por meio da análise de dados internos e externos de forma integrada

Desse modo, o papel do Analytics dentro das empresas vem ganhando mais destaque a cada dia, porque possibilita insights significativos para tomada de ações rápidas e embasadas em dados concretos

análise de dados

Análise de dados não estruturados

Segundo a Dataversity, dados não estruturados são: “dados de qualquer forma, que não se encaixam facilmente em um modelo de dados ou pertençam a um conjunto de dados de tabelas de banco de dados”.

Isto é, são informações que não possuem um modelo pré-definido ou não estão organizadas de maneira pré-estabelecida. Na prática, podem ser documentos em texto, vídeos, fotos, arquivos de áudio e outros tipos de formatos

Para se ter uma ideia, aproximadamente 40% a 80% dos dados de qualquer empresa estão em formato não estruturado. Além disso, 80% dos dados mundiais serão desestruturados até 2025. 

Hoje, com a adoção de plataformas de inteligência é possível trabalhar com um grande volume de dados não estruturados de forma escalável. 

Análise de dados de campo 

Apesar da diversidade de informações disponíveis, muitas empresas deixam de considerar dados importantes em suas análises pela carga de trabalho manual que exigem. Os dados de campo são um exemplo disso.

Esse cenário representa um problema porque, cada vez mais, o sucesso dos negócios depende da força de trabalho das equipes externas que coletam dados de campo. Uma pesquisa da Forrester, por exemplo, afirma que 70% das empresas possuem times que trabalham externamente.

Atualmente, já existem ferramentas capazes de fazer a integração de todos esses dados coletados em campo de maneira completa e escalável.

Ou seja, plataformas que conseguem convergir dados externos, internos e aqueles inseridos de forma manual. 

Resumindo…

Possuir um Analytics maduro e consistente tornou imperativo para as companhias que desejam estar à frente dos concorrentes nessa era dos dados.

A justificativa está no poder que o Analytics tem em gerar insights valiosos para tomadas de decisão rápidas e mais assertivas

Mais do que uma tendência, o Analytics tem se tornado ferramenta vital para a conquista de resultados concretos. Isto é, aumento em vendas, receita ou entregas que promovam o crescimento de uma organização


Sobre a Cortex

Cortex é a empresa número 1 em soluções de inteligência para crescimento. Caso queira saber como ter insights mais ágeis e inteligentes na sua empresa, conheça o Cortex MI.

Ou, se tiver urgência, não perca tempo: agende uma conversa com a equipe de especialistas Cortex e descubra como economizar centenas de horas dos times de inteligência.

análise de dados



Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog