O que é Big Data e para que serve a tecnologia no seu negócio?

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Você sabe o que é Big Data e para que serve a tecnologia? Muito se fala sobre ela à medida que a era dos dados vai se consolidando. 

Afinal, em meio a mudanças tão radicais que a transformação digital vem promovendo, a Internet tornou-se um ambiente capaz de produzir uma quantidade gigantesca de registros todos os dias, sem parar e em uma velocidade espantosa.

Ainda na década passada, era previsto que haveria uma quantidade estimada de 40 trilhões de gigabytes de dados disponíveis no mundo todo até 2020, segundo estimativa do Instituto Gartner.

Só em 2021, a estimativa é de que 2.5 quintilhões de bytes surjam todos os dias. Dessa forma, como uma empresa consegue lidar com essa quantidade exorbitante de informações e ainda filtrar as mais relevantes para auxiliar suas estratégias de negócio?

Assim, os dados viraram ativos valiosos para empreendedores e estrategistas empresariais. Por isso o Big Data é vem se tornando protagonista no mundo corporativo. 

Portanto, neste artigo, explicaremos o que é Big Data e para que serve a tecnologia em um cenário de competitividade empresarial cada vez mais intensa. Acompanhe-nos na leitura!

O que é Big Data e para que serve?

Na era digital, se você não está incluído no nicho das empresas data driven, sua companhia provavelmente ficará para trás. Dessa forma, investir em Big Data é um passo e tanto para crescer nesse cenário.

o que é big data e para que serve ebook big data analytics

Essa tecnologia surge como uma solução para quando sua empresa tem um grande volume de dados de várias fontes disponíveis e não os consegue gerenciar de maneira rápida, eficaz e econômica.Como surgiu o Big Data?

O Big Data começou a dar seus primeiros passos em 2005, com o software de código aberto Hadoop, criado para analisar e armazenar uma grande quantidade de informações. Com o passar dos anos, houve uma evolução na tecnologia e um aumento de suas capacidades

O desenvolvimento da Internet das Coisas, motivada pela conexão de novos dispositivos às redes, propiciou uma sofisticação ainda maior  no armazenamento. Como, por exemplo, de dados relativos ao padrão de comportamento de usuários, ao monitoramento do customer success e à Inteligência de Mercado

Quais são os 5 V’s do Big data?

A funcionalidade e a resposta para a pergunta “o que é Big Data e para que serve?” é melhor resumida com os 5 V’s que caracterizam a tecnologia. Vamos a eles?

Volume

O volume representa a grande quantidade de dados, estruturados ou não, que o Big Data consegue armazenar para análise. 

Dessa forma, algumas empresas podem necessitar de dezenas de terabytes de dados para poder colher todas as informações relevantes de performance e mercado que ajudaram a guiar as áreas na gestão estratégica nas empresas.

Veracidade

Pense bem: imagine uma grande quantidade de dados sendo colhidos por uma software de Big Data para que seja realizado o armazenamento. É normal que dentre esse enorme volume de informações, venham alguns dados incorretos ou irrelevantes.

Portanto, é preciso um trabalho de análise cirúrgico e perspicaz de filtragem para que todo o material seja confiável e de fato relevante, reforçando assim a veracidade das informações.

Velocidade

Diz respeito à velocidade com que os dados são processados, armazenados e utilizados pelo alvo final do processo. 

Algumas plataformas mais sofisticadas e inteligentes conseguem fazer o processo em tempo real, o que demanda avaliação das informações também de forma contínua e em tempo real. Dessa forma, a velocidade do Big Data é uma aliada em tempos de mudanças cada vez mais aceleradas e repentinas

Variedade

A variedade diz respeito aos tipos de dados armazenados pela tecnologia. Antigamente, todos eles eram estruturados, bem organizados em linhas e tabela. Hoje em dia não é mais somente desta forma.

Entretanto, os dados podem também ser desestruturados, como interação de redes sociais, e-mails, textos, áudios e vídeos. Esse tipo de informação passa por um pré-processamento adicional e mais complexo que o realizado nos registros estruturados.

Valor

O valor corresponde à funcionalidade intrínseca dos dados armazenados e de como eles podem ser úteis a quem irá usufruir deles. Como já mencionado, os dados possuem um valor inestimável para as organizações em contexto de competitividade no mercado digital.

Portanto, os novos tempos vieram para mostrar que quem melhor saber usar essas informações a seu favor, mais se destaca no mundo empreendedor.

banner cartilha modelando o futuro data driven o que é big data e para que serve

Como o Big Data pode beneficiar sua empresa?

Mostramos neste artigo como a tecnologia foi fundamental para definir as novas regras de mercado do mundo digital.

Com o enorme volume de dados à disposição das empresas para elaborarem suas estratégias da melhor forma possível, usá-los a seu favor tornou-se em uma medida de sobrevivência para as companhias.

Esses registros trazem informações sobre feeds de notícias de redes sociais, fluxo de views e cliques em uma página, entre muitos outros dados que auxiliam na tomada de decisões

Dessa forma, em um mercado cada vez mais consolidado no universo digital, essas informações viraram elementos essenciais nas construções das estratégias das empresas. Afinal, ela são fundamentais para monitorar a performance da sua organização. 

Hoje, as organizações mais bem-sucedidas na aplicação de Big Data trabalham num modelo descentralizado que garante o alinhamento de dados em prol de uma comunicação integrada focada nos objetivos estratégicos.

Nesse contexto, ferramentas de análise de dados ganham bastante destaque. Com Cortex MI, por exemplo, é possível

  • Usar dados externos capturados por nossa Inteligência Artificial para aumentar a previsibilidade de suas vendas e receita;
  • Integrar todas as suas fontes de dados internos e otimizar a gestão do desempenho em vendas considerando times, ofertas e regiões;
  • Usar a ciência de dados para descobrir possibilidades de mixes de ofertas ideais para aumentar suas vendas junto ao consumidor final;
  • Acompanhar seu market share e monitorar seu mercado endereçável e competidores, monitorando em tempo real diferentes fontes de dados estruturados ou não;
  • Visualizar a cadeia comercial por inteiro através da integração de dados de Sell-In e Sell-Out e tomar decisões de negócio com base em informações concretas, acessíveis em tempo real.

Gostou do conteúdo? Aprendeu o que é Big Data e para que serve? Continue acompanhando nossas postagens para mais novidades relativas à era dos dados. Até logo!

Sobre a Cortex

A Cortex é a empresa número 1 em soluções de inteligência para crescimento, usada por empresas como Globo, Carrefour e Roche. Caso queira saber como ter insights mais ágeis e inteligentes na sua empresa, conheça o Cortex MI.

Ou, se tiver urgência, não perca tempo: agende uma conversa com a equipe de especialistas Cortex e descubra como economizar centenas de horas dos times de inteligência.


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog