6 passos para desenvolver um relatório de mídias sociais

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

À primeira vista, a criação de um relatório de mídias sociais pode parecer uma tarefa simples de rotina. Afinal, você obtém seus melhores números em uma planilha, exporta dados dos perfis de mídia, faz uns gráficos e transforma em PDF ou Powerpoint… 

Mas não é bem assim; reportar resultados de ações de redes sociais requer capacidade analítica, contorno de métricas de vaidade e muitas outras ações.

Portanto, ao longo deste artigo, vamos te ajudar a entender a importância de desenvolver relatórios de mídias sociais, além de oferecer dicas de como fazer isso. Acompanhe!

A importância de um relatório de mídias sociais

A estratégia de mídia social é cada vez mais importante para as empresas, pois ela cobre uma ampla gama de plataformas, planos, campanhas, conteúdo e iniciativas. Também visa ampliar o reconhecimento de marca, gerar relacionamentos duradouros e potencializar as vendas. Prova disso é que os investimentos nesses canais na América Latina cresceram 68% em 2021, segundo a SocialBakers.

À medida que cresce essa importância, também aumenta a demanda por análises que amparem a tomada de decisão inteligente para agilizar os esforços empreendidos nessa área.

Dentro disso, um relatório de mídias sociais amplia a capacidade analítica dos profissionais envolvidos, fornece informações que ajudam a gerar leads, cultivar relações e criar conteúdo digno de ser compartilhado.

Além disso, essa ferramenta mostra o que funciona ou não, pois se ampara em indicadores e estatísticas que dimensionam as atividades e os objetivos da empresa. 

Em última análise, contar com relatórios de mídias sociais é ter uma visão panorâmica e, ao mesmo tempo, detalhamentos que ajudam a dimensionar os níveis de progresso nessa área.

Desenvolva seu relatório de mídias sociais em 5 passos

Independentemente do tipo de relatório de mídias sociais que você está criando, o processo principal é semelhante em todas as organizações. Confira, a seguir, seis passos para desenvolvê-lo agora mesmo!

Passo 1: Defina objetivos e metas

Um relatório abrangente de mídia social dedicado à sua atividade contínua refletirá se você atingiu seus objetivos, como suas estratégias estão funcionando e quais são seus sucessos. Da mesma forma, também explicará todas as falhas e mostrará as maneiras de resolvê-las com eficiência.

Por exemplo, graças ao seu relatório, você e sua equipe podem descobrir uma diminuição nos números de seu engajamento em novembro e atribuí-los a uma mudança no conteúdo ou ao período de festas de fim de ano.

Quanto a relatórios específicos, para torná-los mais úteis e acionáveis, faça uma pergunta específica. No caso de uma campanha de marketing, você pode perguntar: “as ações geraram conversas espontâneas entre o grupo-alvo de fãs de esportes do sexo masculino de 15 a 34 anos?”. 

Em resumo, parta sempre das metas a serem alcançadas durante o período a ser realizado, isso vai nortear seu relatório de mídias sociais. 

Passo 2: Decida quem é o destinatário

Quem receberá o relatório? Como isso pode beneficiar sua atividade analítica?

Pense nas decisões que seus relatórios devem informar e apoiar. Essas são perguntas interessantes para iniciar esse raciocínio: 

  • O chefe de vendas precisa entender quantos leads vêm das redes sociais?
  • A equipe de gerenciamento da comunidade deseja saber a eficiência de sua estratégia?
  • Queremos convencer o diretor de Marketing a investir na produção de conteúdo de vídeo?

Como você deve ter notado, a definição de metas e destinatários caminham lado a lado. Portanto, quem precisa de insights e por que precisam deles são as principais questões para construir um relatório eficiente.

Passo 3: Monitore as mídias em tempo real

Acompanhar as mídias em tempo real é outra atividade essencial na construção de bons relatórios. Isso porque, ao colocar essa atividade em prática, você terá em mãos os dados para compor apresentações de resultados de maneira muito mais fácil, prática e efetiva.

Portanto, uma boa escolha é implementar uma solução de monitoramento que automatize as atividades de verificação de menções, por exemplo. Com ela, a própria visualização dos dados melhora, uma vez que contempla dashboards com recursos gráficos de fácil interpretação. 

Nova call to action

Passo 4: Defina métricas e indicadores

Agora que você sabe por que está fazendo um relatório, pode pensar em quais métricas e indicadores precisa apresentar. Afinal, trata-se da base do relatório.

E se as plataformas de mídia social já têm uma infinidade de métricas nativas que podem ser bastante opressivas, imagine o quanto isso pode ser algo presente em todos os tipos de dados de ferramentas de mídia social de terceiros?

Portanto, saber o propósito de avaliá-las pode ajudar a aprimorar seu foco em um conjunto específico de dados que mostra sucessos e deslizes da estratégia.

Mas, atenção: fuja das métricas de vaidade, que geralmente não têm valor real para o negócio porque não fornecem nenhuma etapa acionável para melhoria.

Visto isso, aqui estão alguns dos pontos de dados nos quais você pode se concentrar inicialmente:

Volume de conteúdo

É uma métrica bastante popular em relatórios de mídia social, que, em conjunto com outros, permite que você analise seus esforços de compartilhamento de conteúdo.  

Alcance ou exposição

Ajuda você a entender o tamanho do seu público, mas também a saber se de fato o conteúdo chega a esse universo de pessoas. Afinal, nem todos que seguem o seu perfil de fato são impactados por cada postagem. 

Engajamento

Fornece a dimensão real da quantidade e da qualidade das interações que as contas e publicações da empresa obtêm. Em outras palavras, quanto mais engajamento se consegue, mais exposição a marca recebe.

Cliques e tráfego

Em última análise, você deseja direcionar os clientes ao seu site. Uma das provas mais convincentes de seu sucesso são os cliques em seus links compartilhados e o tráfego de mídia social.

Dados de escuta social

Eles podem ser incluídos em seu relatório regular contínuo. Por exemplo, as informações que vêm do monitoramento da marca se ajustam perfeitamente ao engajamento e aos insights de alcance.

Passo 5: Projete o relatório

Esta pode ser a etapa mais desafiadora, pois é preciso organizar os dados coletados da maneira mais lógica e compreensível possível.

Sendo assim, aqui estão algumas dicas gerais que vão te ajudar nessa missão:

  • Não sobrecarregue o leitor. Evite colocar o máximo de informações possível em uma folha. A menos que seja um relatório extremamente simples, separe em seções e designe pelo menos uma página para cada uma delas.
  • Ressalte o que é importante. Digamos que você está comparando seu alcance com o do mês anterior e percebeu que ele cresceu significativamente. Caso isso aconteça, enfatize-o destacando com uma cor diferenciada do restante do texto.
  • Adicione insights acionáveis. Por exemplo, incluir segmentos como “5 principais postagens” nas seções Alcance, Engajamento e Cliques permite que você indique as atividades mais eficazes.

Passo 6: Submeta à avaliação 

Antes de tornar seu modelo de relatório definitivo, é recomendado que você o submeta a um olhar externo. Para isso, faça uma apresentação completa do relatório e peça para os interlocutores darem feedbacks sinceros sobre o que acabaram de ver.

De preferência, inclua nesta análise pessoas que não atuam no Marketing, pois elas podem apresentar dúvidas que passariam despercebidas por pessoas acostumadas com os jargões da área.

Sendo assim, a partir das opiniões deles, você vai conseguir deixar o seu relatório mais compreensível e eficiente.   

Resumindo

Cada empresa tem desafios e metas exclusivos para sua atuação nas mídias sociais. Por isso, um relatório analítico deve atender a essas necessidades utilizando os dados disponíveis para alinhar os esforços de diálogo online com o público aos objetivos do negócio.

Mas esse não é o única dica para o desenvolvimento desse documento. Para todas as organizações, a formulação de um relatório de mídias sociais deve ampliar as capacidades analíticas dos profissionais que atuam nesta área.

Consequentemente, eles poderão aprimorar suas atividades e também mensurar resultados com mais precisão e agilidade.


Sobre a Cortex

A Cortex é a empresa número 1 em soluções de inteligência para crescimento. Caso queira saber como analisar sua reputação e dos concorrentes em todas as mídias online e offline com monitoramento integrado em tempo real, conheça a Cortex PR.

Ou, se preferir, não perca tempo: agende uma conversa com a equipe de especialistas Cortex e traga sua estratégia de comunicação para a era dos dados.


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog