Sales Marketing: como a combinação entre Marketing e Vendas gera + lucros para seu negócio

Aprofunde seus conhecimentos profissionais com nossos artigos ricos e gratuitos.

Sales Marketing nada mais é que a coordenação de esforços entre os setores de Marketing e Vendas com o objetivo de melhorar o fluxo da jornada de compra do consumidor.

Afinal, o diálogo e compartilhamento de informações entre essas áreas estratégicas para o sucesso do cliente são fundamentais para oferecer um atendimento cada vez mais assertivo e personalizado.

E a força da combinação entre essas duas áreas pode ser comprovada em números. Sabia que 94% de um grupo de profissionais de Vendas “top-performers” responderam que a qualidade dos leads entregues pelas equipes de Marketing são “bons ou excelentes”, segundo pesquisa do Linkedin?

Então, se isso faz com que você queira entender melhor como funciona o Sales Marketing e quais são os principais benefícios de apostar nessa união, leia o texto até o fim!

O que é sales marketing?

Também conhecido como Vendarketing, o Sales Marketing é cada vez mais uma opção estratégica para otimizar os esforços comerciais da empresa e entregar uma experiência de compra agradável ao consumidor.

Isso porque quando os dois setores trabalham de forma coordenada, o compartilhamento de informações entre eles resulta em um fluxo mais organizado e coerente do lead em cada uma das etapas do funil de vendas de marketing (ou pipeline).

Por exemplo, em uma segmentação de funções tradicional, enquanto a Vendas é responsável pelo último contato e oferta final ao lead na fundo do pipeline, o Marketing geralmente toma conta da prospecção, nutrição e qualificação de leads

Dessa forma, pense bem: como essas duas áreas são as principais responsáveis pelo relacionamento entre marca e cliente, imagine que confusão seria se elas não estivessem em sintonia?

Já quando ocorre o contrário, além do processo de filtragem e do envio de leads qualificados e prontos para fecharem negócio para os representantes de vendas, o Marketing também pode oferecer todas as informações valiosas que ele coletou a respeito do cliente com base na inteligência de dados.

O resultado de tudo isso não poderia ser diferente:

  • melhor atendimento;
  • mais vendas;
  • impacto positivo nos índices de fidelização.

Qual o impacto da inteligência de dados no Marketing de Vendas?

Com as novas tecnologias de inteligência de dados, as empresas possuem uma vantagem competitiva inestimável. Por meio de plataforma de Big Data e Machine Learning, por exemplo, é possível coletar, processar e interpretar dados extremamente valiosos para as organizações em tempo real.

Entre as vantagens associadas a esses insumos, podemos destacar:

  • identificação do perfil de consumo e padrão de comportamento do público para a criação de uma buyer persona;
  • avaliação do desempenho interno por meio de métricas e indicadores comerciais;
  • monitoramento as principais tendências do segmento de mercado;
  • consulta da performance e dos resultados das estratégias dos principais concorrentes.

Com essas informações em mãos, o Sales Marketing tem tudo o que precisa para direcionar um atendimento mais assertivo para o seu perfil de cliente ideal. É  possível, por exemplo, identificar em qual etapa da jornada de compra o consumidor se encontra.

Assim, fica mais fácil e organizada a delegação de funções entre as duas áreas para guiar o lead ao longo do pipeline. 

Nova call to action

Quais os benefícios de investir em Sales Marketing?

Alinhamento de objetivos

Quando o planejamento estratégico é feito em conjunto e com metas objetivos compartilhados, a empresa ganha eficiência, transparência interna e produtividade.

O alinhamento de objetivo pode trazer mais segurança e previsibilidade de desempenho. Por exemplo, por meio de um equilíbrio e coordenação de demandas, o time de Marketing sabe uma média de quantas qualificações de lead precisa fazer para que a equipe de Vendas consiga bater a meta de conversão.

Aprimoramento da análise e mensuração dos dados

Quando analisados em conjunto, fica mais fácil ver quanto os números de cada área interferem na performance da outra. Também é possível monitorar o que causou falhas de desempenho. 

Além disso, manter a periodicidade dessa mensuração promove um aprimoramento contínuo dos processos internos e da performance da organização.

Alguns indicadores que podem ajudar nisso são, por exemplo:

  • Lifetime Value;
  • Net Promoter Score;
  • Taxa de Conversão;
  • Churn;
  • Indicadores de retenção.

Atendimento personalizado e alinhado

Quando o Sales Marketing compartilha metas, objetivos e informações, desenvolve-se assim um padrão de interação com o cliente que perpassa todas as etapas do funil. 

Primeiramente, o Marketing deve usar as tecnologias de inteligência comercial para acessar todos os detalhes do comportamento e do perfil de consumo do lead. Assim, em seguida, a equipe de Vendas poderá desenvolver um atendimento personalizado e assertivo.

Portanto, fica clara a influência da coleta e análise de dados de forma integrada para os setores estratégicos da organização. Isso possibilita que ambas compartilhem insights entre si e possuam o insumos necessários para tomarem sempre a melhor decisão.

Mas isso depende da padronização da linguagem, para que o consumidor perceba a identidade de voz da empresa de forma singular e contínua. Dessa forma, não há ruptura no tom de abordagem da empresa quando ele transita entre os dois setores.

Gostou do conteúdo? Entendeu tudo sobre Sales Marketing? Então leia nossas outras publicações no blog para aprender cada vez mais sobre sales intelligence e os desafios da transformação digital.


Sobre a Cortex

A Cortex é a empresa número 1 em soluções de inteligência para crescimento. Caso queira saber como prospectar clientes com inteligência de dados, conheça a plataforma de B2B Sales Intelligence.

Ou, se tiver urgência, não perca tempo: agende uma conversa com a equipe de especialistas Cortex e descubra como economizar centenas de horas dos times de inteligência.


Cadastre-se para receber nossos conteúdos do blog